Pensar, sentir, falar e fazer
Albertina Rodrigues de Godoy


O ser humano é sempre muito mais capaz do que pensa, sente, fala e faz... Às vezes, pensamos, sentimos, falamos e agimos completamente diferente do queremos. O que acontece? Onde estaria a origem dessa incongruência? Por meio do autoconhecimento é que podemos perceber aspectos obscuros do nosso ser, trazer à luz e alinhar com que nos leve a autorrealização.
Entre os recursos de tecnologia avançada de ajuda para o ser humano, estão a Programação Neurolinguística (PNL) e as Constelações Familiares e Sistêmica, conhecimentos terapêuticos estudados e aplicados para mudanças rápidas e efetivas, que ajudam pessoas que buscam mudar padrões emocionais e comportamentais, ampliando o olhar sobre os limites e possibilidades para soluções que dependam do indivíduo.
A PNL é um instrumento de comunicação, autoconhecimento e transformação pessoal muito poderoso, fácil de aplicar, permitindo que se viva bem consigo mesmo, liberando potenciais, descobrindo novos meios de ação para melhorar constantemente o desempenho pessoal e profissional. Como uma tecnologia avançada de intervenção da mente, pesquisa as estruturas subjetivas, ajudando a entender cada etapa do processo, envolvendo o domínio da inteligência emocional e de “como” desenvolver habilidades e colocá-las em prática, possibilitando testar e identificar o nível de desempenho, descobrindo como evoluir.
As Constelações Familiares e Sistêmica são um método fenomenológico criado pelo filósofo e psicoterapeuta alemão Bert Hellinger, que está revolucionando os meios psicoterapêuticos como recurso capaz de ampliar a consciência de aspectos que se encontram em um nível maior, o sistema do qual faz parte. Ele desvelou que existem três princípios inconscientes que governam as dinâmicas internas dos grupos familiares e sociais: equilíbrio, pertencimento, ordem e, quando por algum motivo esses equilíbrios são desrespeitados, causam desequilíbrios em todo o sistema. A maneira de entrarmos em contato com esses princípios é por meio de vivências, que podem ser em grupo ou individual.
A premissa básica desse trabalho é que todo grupo ou organização desenvolve padrões de interação que influenciam a forma de pensar, sentir e agir das pessoas. Esses padrões, chamados de dinâmicas, são responsáveis por fortalecer ou enfraquecer a performance, o sucesso e o funcionamento das relações, dos processos familiares ou da empresa.
As Constelações Familiares e Sistêmica podem ser usadas para identificar as causas de um problema ou de um conflito; para construir soluções que ajudem a restaurar a harmonia e o equilíbrio do sistema; para estimular a criatividade e também testar ideias, estratégias, produtos, desenhos de novas estruturas etc. Podem ser usadas como consultoria de negócios, terapia de casal, pedagogia sistêmica e filosofia de descobrimento pessoal.


Albertina Rodrigues de Godoy é graduada em Psicologia, especialista em Programação Neurolinguística, consteladora (treinamento avançado com Bert Hellinger). Atua em consultorias, cursos, treinamentos e atendimento individual. Tels. 11-4584-2565, 99948-6789, pnl_albertina@yahoo.com.br