Corpo saudável, com o Método Pilates.


Bem-estar, qualidade de vida e obtenção de um corpo saudável: esses são os objetivos do Pilates, que desenvolve força, flexibilidade, coordenação motora, controle e consciência corporal. “Os exercícios são feitos com respiração adequada e trabalham o músculo correto para aquele movimento, proporcionando alongamento e alívio das tensões, stress e dores crônicas”, garantem a fisioterapeuta Elisabete Casimiro, e a educadora física Raquel Dolce Fraga, do Studio Movimento. Confira nos depoimentos das praticantes do método, por que o Pilates é ideal para qualquer pessoa, dos 12 aos 100 anos.

Aidê Esperança Birolin Fossen, relações públicas.

Aidê Esperança Birolin Fossen, relações públicas.
Fiz academia por muito tempo, variando os exercícios entre muscu-lação, ginástica aeróbica e localizada, e não via grandes resultados. Cansei de sentir dor, carregar peso, suar a camisa e não ver efeito, e fui procurar alguma outra atividade, no caso o Pilates, achando que era light. Fiz uma aula experimental e continuei achando que era tranqüilo. Não era. Mas eu amei o Pilates. Agora faço uma atividade física consciente, onde existe integração entre corpo e mente, e muito trabalho de respiração. Saio da aula exausta, mas não suada. E em menos de um ano já senti os resultados, principalmente na mente.

Pérola Maria Dolce, assistente social.

Pérola Maria Dolce, assistente social.
O Pilates me ajudou muito a enfrentar a fi-bromialgia, uma doença ainda sem cura. Toda vez que faço aula, saio “zerada”. A dor volta depois de alguns dias, mas sei que tudo melhora depois de nova aula. E fazer Pilates é muito bom. A associação da respiração com os movimentos faz com que seja uma atividade física prazerosa de se praticar.

Páscoa Maria Fraga, dona-de-casa.

Páscoa Maria Fraga, dona-de-casa.
No começo relutei em praticar o Pilates, pois não tenho muita paciência para fazer ginástica. Fiz uma au-la experimental, fiz a segunda, a terceira, e comecei a notar que uma dor horrível que eu tinha nas pernas e nas costas, que eu sentia dia e noite, estava sumindo. Hoje, depois de seis meses, não sinto mais dor nenhuma. Eu me dei bem com Pilates.

Ivonete Mendes, advogada.

Ivonete Mendes, advogada.
Durante muitos anos pratiquei yoga, mas por problemas familiares, tive que parar. Quando quis voltar a praticar uma atividade física, fiz uma aula experimental de Pilates, gostei, e não parei mais. Senti um retorno muito rápido, com aumento de flexibilidade e melhora na postura. Faço uma aula por semana, mas se eu fizesse duas, os resultados seriam ainda mais surpreendentes.